09 outubro 2007

O sítio do sono

Escrevia em flores de papel.
Sem lápis, relva, pincel,
sem folha que em linhas prenda
o que ao dizer não se emenda,
o que ao contar não foi dito.
"O que para ti foi escrito,
meu amor de carrocel".

Tremia-lhe ela corada
e em meio sonho deitada:
"O mundo é mesmo cruel".

zzzZZZzzzZZzzzzzzZZZZzzzz

16 Comments:

At terça-feira, outubro 09, 2007, Blogger Maria del Sol said...

Sim, é cruel, muito cruel. Mas nele também desabrocham as flores mais raras. De papel, carne, osso e lágrimas.

Em cada um dos teus textos renova-se o meu deslumbramento :)

 
At terça-feira, outubro 09, 2007, Blogger Andreia Ferreira said...

Sim, muito, muito cruel. Mas depois existem sonhos feitos de letras e de papel - como o teu - que fazem com que o acordar não seja assim tão difícil.

Beijinho!

 
At terça-feira, outubro 09, 2007, Blogger curse of millhaven said...

o mundo é um filho da p***...

:)

 
At terça-feira, outubro 09, 2007, Blogger liliana pacheco said...

Queria pintar o teu e o meu mundo de cor-de-rosa alegria.

 
At terça-feira, outubro 09, 2007, Blogger osondaxordeira said...

un saúdo dende godot

 
At quinta-feira, outubro 11, 2007, Blogger ABB said...

O teu blog é muito bom. A tua escrita é linda e singular e desde que conheci o Boneca de Porcela (nestas férias de verão, através do Borras de Café) passo sempre por cá para ver o que escreves de novo. Já tens algo publicado em papel?

 
At quinta-feira, outubro 11, 2007, Blogger Vanessa said...

Quem disse? :)

 
At sexta-feira, outubro 12, 2007, Blogger Chris Rodrigues said...

Puxa, minha boneca me abandonou!
Triste, triste.

 
At sexta-feira, outubro 12, 2007, Blogger Bruna Pereira said...

ABB:

Palavras bonitas. Obrigada. :)
Não tenho nada em papel... Vou dizendo umas coisas... Por aí. Em forma de Net. Gosto de dizer coisas...

Obrigada pela vistita. :)

 
At sexta-feira, outubro 12, 2007, Blogger Mateso said...

que o sonho voe no corcel do carrocel...linda menina!
Beijinho

 
At sábado, outubro 13, 2007, Blogger Betty Coltrane said...

Já tenho por aqui passado algumas vezes, gosto muito da maneira como escreves!! Lindos sonhos de algodão doce...

Bem, parece-me q continuarei a fazê-lo - além disso, já gosto de ti só pelas maravilhas que diz a maria! :D

Beijinho!

 
At domingo, outubro 14, 2007, Blogger musalia said...

as palavras são traiçoeiras, escritas, ditas ou...caladas...
o sono de Alice. mas desperta, afinal. e as rosas brancas, as pintadas de carmim, ficaram, no outro lado do espelho.
bj. :)

 
At segunda-feira, outubro 15, 2007, Blogger João Vasco said...

Entre o sono e o sonho se leva nosso modo de existir.
Bj

 
At quarta-feira, outubro 17, 2007, Blogger Chris Rodrigues said...

Minha boneca voltou. Agora podemos brincar...de palavras. Bjosssss

 
At quinta-feira, outubro 18, 2007, Blogger C Valente said...

curto singelo, bonito
Saudações amigas

 
At sábado, outubro 27, 2007, Blogger Luna Tic said...

Muito, muito bonito... vou adicionar este blog à minha lista de links... não me canso de ler...
Parabéns pelas ideias e pelas ideias transcritas...


Saudalunações

 

Enviar um comentário

<< Home