04 setembro 2007

de amarelo.

A outra disse que tinha medo das chaves.
A outra disse que os sonhos faziam teias por detrás das portas.
A outra disse que acordar era uma coisa leve e tinha almofada.
A outra disse que limpar janelas era cansativo.
A outra disse que uma caixa era tudo menos uma caixa.
A outra disse que se via melhor no escuro dos poços.
A outra disse que fazer vestidos para bonecas era a melhor profissão de todas.
A outra disse que escorregar nas flores não devia ser só coisa de abelhas.

Ela disse adeus.
E foi-se.
Pintar o mundo

10 Comments:

At terça-feira, setembro 04, 2007, Blogger CNS said...

E quem disse que escorregar nas flores é só uma coisa de abelhas?
Também gostei das outras cores.

Um beijo

 
At terça-feira, setembro 04, 2007, Anonymous nibs said...

ha quem diga q os coracoes sao facilmente inflamaveis. Assim.
:)

 
At terça-feira, setembro 04, 2007, Blogger Vanessa said...

Hummmm.... :)

A outra disse Plim!

E inventou o sol em setembro.

*

 
At terça-feira, setembro 04, 2007, Blogger Mateso said...

...mas assim a colmeia ficou vazia... e agora?
Bj.

 
At terça-feira, setembro 04, 2007, Blogger Tina said...

e de muitas outras cores, julgo eu.

 
At quarta-feira, setembro 05, 2007, Blogger rouxinol de Bernardim said...

Pintou.. .realmente!

 
At quarta-feira, setembro 05, 2007, Blogger João Vasco said...

Sozinha!?Não será demasiado?

Bj

 
At sábado, setembro 08, 2007, Anonymous Anónimo said...

terá então sido a outra que me veio outro dia com a conversa de que a pintar é que nos entedemos... tudo pq bastou-lhe um sorriso que me contagiou e o mundo mudou para cores tão vivas e tão intensas que a beijei

sergio

 
At terça-feira, setembro 11, 2007, Blogger farfalla said...

As chaves são para abrir segredos guardados, por ventura em caixas onde escolhes pôr vestidos de bonecas ou teias de sonhos... gosto do teu mundo pintado de amarelo... porque sim as abelhas são umas priveligiadas ;)

 
At sexta-feira, setembro 28, 2007, Blogger cm said...

...um abraço pela partilha, um sorriso pelos conteúdos

 

Enviar um comentário

<< Home