17 outubro 2007

Estória não surpresa

Estavam então junto à mesa:
ela, a mãe e o pai, Sua Alteza.

(Falávamos de uma princesa,
de castelos, com certeza.
Em que os criados fazem a limpeza,
todos são dotados de beleza
e só entra no conto quem for da realeza.)

Pois deu-se o caso na redondeza
em que à hora da sobremesa
chegou em jeitos de frieza
certa tarte de framboesa.
Gerou-se então tremenda tristeza:
veio o primo de Veneza,
come a tarte de framboesa
e cai redondo na mesa!

(Vejam lá a indelicadeza...)

Entre desmaio e moleza,
diz ao Rei a criada surpresa:

- Ai o primo era alérgico à framboesa?
Pois temos pena, Alteza,
porque aqui esquisitice é rareza!


Moral da estória indefesa:
Em casa de realeza,
nunca comas framboesa.

7 Comments:

At sexta-feira, outubro 19, 2007, Blogger Maria del Sol said...

Queres-me explicar porque é que achas que isto é ridiculo? eu acho que é de uma ironia deliciosa... e a vida está, como esta estória, cheia de presentes envenenados ;)

Deixa-te de falsas modéstias, tu tens mesmo talento!

Baci!

 
At sexta-feira, outubro 19, 2007, Blogger Andreia Ferreira said...

:) :)
..................

Não vou dizer nada sobre a framboesa que é para continuar com uma certa imagem de seriedade...

Love it!

Beijinho!

 
At sexta-feira, outubro 19, 2007, Anonymous Pecola said...

Grande história - que proeza! =oP

 
At domingo, outubro 21, 2007, Blogger curse of millhaven said...

está brilhante mesmo!

tu és talentosa, miúda :)

 
At quarta-feira, outubro 24, 2007, Blogger Betty Coltrane said...

Lindíssimo!!!!!

 
At quarta-feira, outubro 24, 2007, Blogger musalia said...

vejam lá a esperteza! :)

 
At terça-feira, outubro 30, 2007, Blogger João Vasco said...

Nunca mais comerei framboesa numa casa da realeza. Com toda a certeza!!!
bj

 

Enviar um comentário

<< Home